Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > 8º Semestre
Início do conteúdo da página

8º Semestre

Publicado: Terça, 08 de Mai de 2018, 19h55 | Última atualização em Quinta, 24 de Janeiro de 2019, 19h20 | Acessos: 81

8º Semestre sendo cursado, fique fazendo suas contas de horas para  as Atividades Complementares, Estágio Supervisionado Obrigatório e  já inicie informalmente o seu Trabalho de Conclusão de Curso. Resta apenas 1 ano para a a formatura. Maiores informações procure a coordenação ou veja nas abas Atividades Complementares, Estágio Supervisionado Obrigatório e Trabalho de Conclusão de Curso nesse site.

DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS
Colheita e mecanização de florestas implantadas -
Economia da Produção Agroflorestal -
Economia Regional e do Agronegócio -
Recuperação de áreas degradadas  -
Sistemas Agroflorestais  -

 

DISCIPLINAS EIXO TEMÁTICO
Colheita e mecanização de florestas implantadas Formação gerencial e Empreendedorismo
Economia da Produção Agroflorestal Formação gerencial e Empreendedorismo
Economia Regional e do Agronegócio Formação gerencial e Empreendedorismo
Recuperação de áreas degradadas  Recuperação de Ecossistemas Florestais
Sistemas Agroflorestais  Recuperação de Ecossistemas Florestais

 

EMENTA DAS DISCIPLINAS
Colheita e mecanização de florestas implantadas
Considerações Gerais da Colheita florestal; Corte Florestal; Extração Florestal; Sistemas de Colheita Florestal Planejamento de estradas florestais; Produção e custos na colheita florestal; Transporte Florestal; Noções de Ergonomia e segurança no trabalho de colheita florestal.
Economia da Produção Agroflorestal
Princípios e conceitos econômicos aplicados aos negócios agroflorestais na Amazônia e no Brasil. Problemas de escassez de recursos e a escolha. Teoria da oferta e da e comportamento competitivo. Elasticidade. Teoria da Produção e Custo. Comercialização de produtos ”Commodities” Agroflorestais e ambientais. Noções gerais de macroeconomia: definições e campos de estudo,  renda, consumo, poupança e investimento, política fiscal e tributária, relações econômicas internacionais, comercio, moeda, cambio e vantagens comparativas, políticas de curto e longo prazodemanda: Funcionamento do mercado, equilíbrio, alterações e comportamento competitivo. Elasticidade. Teoria da Produção e Custo. Comercialização de produtos ”Commodities” Agroflorestais e ambientais. Noções gerais de macroeconomia: definições e campos de estudo,  renda, consumo, poupança e investimento, política fiscal e tributária, relações econômicas internacionais, comercio, moeda, cambio e vantagens comparativas, políticas de curto e longo prazo.
Economia Regional e do Agronegócio
Economia na Amazônia. Produtos extrativistas. Cadeia Produtiva. Agronegócio. Desenvolvimento e crescimento Fabricio Khoury Rebello econômico na Amazônia.
Recuperação de áreas degradadas 
Conceitos básicos aplicados à reabilitação e recuperação ambiental. Serviços Ambientais. Aspectos legais relacionados às áreas degradadas. Estudos de Impacto Ambiental - EIA e Relatório de impacto Ambiental (RIMA). Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRADE). Seleção de espécies e métodos biológicos utilizados para recuperação de áreas degradadas e/ou alteradas. A degradação no contexto Amazônico. Modelos de recuperação e reabilitação áreas de preservação permanente, áreas degradadas pela atividade agropecuária, mineração e hidrelétricas. Análise de casos relacionados às experiências sobre recuperação de áreas degradadas.
Sistemas Agroflorestais 
Fundamentos do pensamento agroecológico. Introdução à Teoria de Sistema e Agroecossistema. Noções básicas sobre de espécies de uso múltiplo. Sistemas Agroflorestais: conceito e classificação; Vantagens e desvantagens dos sistemas agroflorestais. Principais Sistemas Agroflorestais nos trópicos; Interface e interações nos Sistemas Agroflorestais. Manipulação Micrometeorológica em Sistemas Agroflorestais. Diagnóstico e Desenho de Sistemas Agroflorestais. Avaliação econômica de Sistemas Agroflorestais. Análise de casos relacionados às experiências de sistemas agroflorestais na região amazônica.

 

Orientações Acadêmicas ao Aluno

Atendimento ao Público em Geral (PROEN):

  • Descrição do Serviço: Prestar esclarecimentos quanto as consultas de processos via SIPAC; às solicitações de documentos para emissão de carteiras estudantis e para inscrição em cursos de Pós-graduação, e para pedidos de históricos parciais, e a forma de ingresso na Universidade.
  • Público: Discentes e Docentes dos cursos de graduação da UFRA, e público em geral.
  • Base legal: Regulamento de Ensino de Graduação da UFRA, Resolução 124 do CONSEPE de 12 de dezembro de 2012. Capítulo XIII.

 

Emissão de Atestados e Declarações:

  • Descrição do Serviço: Solicitação de emissão de Atestados e Declarações para as diversas finalidades.
  • Público: Alunos dos cursos de graduação da  UFRA.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preencher o requerimento especificando a atualização a ser realizada;
  2. Encaminha a secretaria para a análise e elaboração do documento;
  3. Documento é encaminhado para Assinatura da Pró-Reitora;
  4. Disponibilização para a entrega;
  5. Em caso de indeferimento, o solicitante é comunicado.
  • Prazo: 2 dias úteis.
  • Mecanismos de Comunicação:
  • - Balcão de Atendimento;
  • - E-mail: proen@ufra.edu.br

 

Aproveitamento de Estudos:

  • Base legal: Regulamento de Ensino da Universidade Federal Rural da Amazônia, Resolução n°. 243, de 11 de fevereiro de 2015 do CONSEPE.
  • Descrição do Serviço: Solicitar o reconhecimento de crédito em disciplina.
  • Público: Discentes dos cursos de graduação da UFRA.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/ ; histórico escolar da outra instituição; ementa (s) da (s) disciplina (s) cursada (s) na outra instituição que se deseja realizar o aproveitamento de estudos na UFRA.
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preenchimento do requerimento.
  2. Abertura de processo via SIPAC.
  3. Encaminhamento do processo à Comissão de Comissão de Disciplina.
  4. Encaminhamento do processo à DCA/PROEN para registro.
  5. Encaminhamento do processo ao campus de origem do aluno, quando for o caso.
  6. Encaminhamento do processo à Coordenação do Curso do aluno, quando o requerente for oriundo de campus fora de sede.
  7. Arquivamento do processo na pasta do aluno.

 

Trancamento de Disciplina:

  • Base legal: Regulamento de Ensino da Universidade Federal Rural da Amazônia, Resolução n°. 243, de 11 de fevereiro de 2015 do CONSEPE.
  • Descrição do Serviço: Solicitar o trancamento da disciplina.
  • Público: Discentes dos cursos de graduação da UFRA.
  • Requisitos Necessários à Solicitação: O discente deverá obedecer ao prazo estabelecido no Calendário Acadêmico aprovado pelo Consepe/UFRA.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/ .
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preenchimento do requerimento;
  2. Abertura de processo via SIPAC;
  3. Análise do processo de acordo com os prazos estabelecidos no Calendário Acadêmico;
  4. Registro do trancamento da disciplina, se o processo for deferido;
  5. Encaminhamento do processo ao campus de origem do aluno, quando for o caso;
  6. Encaminhamento do processo à Coordenação do Curso do aluno, quando o requerente for oriundo de campus fora de sede;
  7. Arquivamento do processo na pasta do aluno.

 

Trancamento de Curso:

  • Base legal: Regulamento de Ensino da Universidade Federal Rural da Amazônia, Resolução n°. 243, de 11 de fevereiro de 2015 do CONSEPE.
  • Descrição do Serviço: Solicitar o trancamento no curso de graduação.
  • Público: Discentes dos cursos de graduação da UFRA com vínculo ATIVO com a UFRA.
  • Requisitos Necessários à Solicitação: O trancamento de curso poderá ser solicitado a qualquer momento. Para discentes que desejarem realizar o trancamento do curso no segundo semestre do curso, a solicitação somente será deferida caso o mesmo tenha sido aprovado em pelo menos uma disciplina no primeiro semestre da matriz curricular.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preenchimento do requerimento.
  2. Abertura de processo via SIPAC.
  3. Registro do trancamento do curso, se o processo for deferido.
  4. Encaminhamento do processo ao campus de origem do aluno, quando for o caso.
  5. Encaminhamento do processo à Coordenação do Curso do aluno, quando o requerente for oriundo de campus fora de sede.
  6. Arquivamento do processo na pasta do aluno.

 

Atualização de Dados Pessoais Discentes:

  • Descrição do Serviço: Realizar a atualização dos dados pessoais do discente.
  • Público: Discentes dos cursos de graduação da UFRA.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/ ; cópia do documento oficial a ser atualizado.
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preencher o requerimento especificando a atualização a ser realizada. 
  2. Abertura de processo via SIPAC.
  3. Registro da atualização.
  4. Encaminhamento do processo ao campus de origem do aluno, quando for o caso.
  5. Encaminhamento do processo à Coordenação do Curso do aluno, quando o requerente for oriundo de campus fora de sede.
  6. Arquivamento do processo na pasta do aluno.

 

Cancelamento de Vaga:

  • Base Legal: Lei Nº 12.089 de 11 de novembro de 2009.
  • Descrição do Serviço: Solicitar o cancelamento da vaga no curso de graduação. Esta solicitação tem caráter irrevogável e o cancelamento da vaga no curso é definitivo.
  • Público: Discentes dos cursos de graduação da UFRA.
  • Documentos Necessários: Requerimento do aluno disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/ ; Declaração de desistência de vaga disponível em http://www.proen.ufra.edu.br/.
  • Etapas para Processamento do Serviço:
  1. Preencher o requerimento especificando a atualização a ser realizada.
  2. Abertura de processo via SIPAC.
  3. Registro do cancelamento da vaga.
  4. Encaminhamento do processo ao campus de origem do aluno, quando for o caso.
  5. Encaminhamento do processo à Coordenação do Curso do aluno, quando o requerente for oriundo de campus fora de sede.
  6. Arquivamento do processo na pasta do aluno.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página